sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

PINTEI A VIDA

Pintei a vida na tela branca
da minha paz,
desenhei emoções
feito noite de paixões,
imaginei na subida da montanha
borboletas leves soltas
sempre vivas
e tanta luz em meu caminho,
no azul do meu silêncio
caiu o universo em mim,
vei o sol do meu dia
refletir meus sonhos
feito encanto
em cada canto.

4 comentários:

  1. Nesse meu poema usei versos de titulos de algumas musicas do CD do meu amigo Chico Pio mesclei com a minha inspiração pra escrever PINTEI A VIDA. São musicas que eu tenho a maior paixão...

    Dedico esse poema ao meu amigo Chico Pio.

    ResponderExcluir
  2. Parafraseamos na arte, o que há de melhor; o que nos toca profundamente.
    Gostei; ficou muito bom.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Seus poemas retratam o espírito leve e harmonioso de tua alma e vida. Parabéns pelo poema e pela vida.

    ResponderExcluir
  4. Poema sublime, Etinha! Parabéns!
    Linda homenagem. (Direi para ele)

    ResponderExcluir