domingo, 30 de dezembro de 2012

2012 ...2013


O ano 2012 esta findando
a certeza de ter comprido minha missão
deixa  sereno meu coração.

Neste ano de 2012
encontrei o Vale do Amanhecer
que trabalha para ajudar a pessoa a viver a vida
ajuda a pessoa para o após morte.

Em 2013 vou trabalhar minha tolerância
quem se diz meus inimigos vou perdoar
com mais fervor o mundo vou amar.

No vale das minhas emoções
os trés reinos da minha natureza
me traga mais dignidade
e respeito aos meus semelhante.


segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

LIBERDADE

Chegou a noite de natal
minha liberdade é fatal
que brilha meu caminho.

Meu reflexo ocupa o ciclo da vida
grande surpresa pode acontecer
no amanhecer.

Nesta nova era tudo vai mudar
sorria para a vida
e vou te amar.

Quero ter a minha liberdade
superei o fantasma
do vazio da minha verdade.



.




segunda-feira, 17 de dezembro de 2012



COMO DESCREVER O SEGREDO DESTAS MÃOS
 
Como decifrar o segredo
que esconde nas linhas destas mãos...
bate três corações.

Os segredos destas mãos
me faz pensar
o que esconde dentro destas vidas.

Posso perceber os  brilhos dos olhares
quando começar a descrever o segredos
que esconde nas linhas destas mãos.

Nem sei o que pensar
só sei dizer
que nossas vidas se cruzaram...

Três amigos de mãos espalmadas
surge expontaneamente
os amigos camaradas.







sábado, 15 de dezembro de 2012


PORTA RETRATO

Exposta no porta retrato
minha inocência primitiva ...
sou bebê
quantas graças!

Minha Graça
no colo me pegou
me fez cafune
nos meus pés me dengou.

Nos meus sonhos infantis
te amei demais minha querida Graça
hoje só lembrança
e nossa foto estampada no porta retrato.

Dedico este poema
a minha baba
tão carinhosa.



sexta-feira, 14 de dezembro de 2012


 
 
 


SAGRADOS MOMENTOS

Meus sagrados momentos
guardo no peito !
minha vida meus momentos...
dentro da minha individualidade
saudáveis lembranças
brincadeiras de crianças
me invade na mente
me sinto feliz...
melhores noites da minha vida
vaga feito plumas no ar...
vejo o quanto foi bom
que maravilha !
sentimentos muito forte
que me fez viver intensamente
minhas emoções plenamente,
estou sozinha e muito feliz.

 

terça-feira, 11 de dezembro de 2012


Espaco Espiritual
por Luis De Lamônica

Sobre


Publicado por: Espaco Espiritual | quinta-feira, 13 março 2008
Pai Seta Branca. Simiromba de Deus.




Pai Seta Branca


Pai Seta Branca é um dos nomes recebidos pelo luminoso espírito de Oxalá, Orixá poderoso que preside todo o desenvolvimento cármico do nosso planeta, a quem foi dada a missão de espiritualizar o Homem.

É o grandioso guardião do Oráculo de Simiromba, que administra todo o potencial de forças que agem e interagem na Terra.

SIMIROMBA significa, em nossa Corrente, “Raízes do Céu”, e Pai Seta Branca é o Simiromba de Deus! De seu Oráculo, Simiromba, realiza toda a grandeza presente em nossos trabalhos. Chegando aqui, liderando a missão dos Equitumans, quando ficou conhecido como Jaguar, e dos Tumuchy.

Na condição de espírito irmão de Jesus, foi seu mais amado discípulo – João, que escreveu o IV Evangelho e o Apocalipse. Oxalá retornou no século XII, na Itália, como Francisco de Assis, junto com sua alma gêmea – Mãe Yara – como Clara de Assis, desenvolvendo magnífica obra dentro da Igreja Católica Apostólica Romana, criando a Ordem Franciscana, implantando as bases de sua Doutrina: Amor, Humildade e Tolerância, idéias das quais os Homens estavam afastados.

Na época da conquista da América, no século XV, Oxalá era o grande cacique de uma tribo Inca, estabelecida em Machu-Pichu, tendo recebido o nome de Seta Branca por causa de sua lança armada com a presa de javali.

Com as conquistas espanholas na região andina, houve uma ocasião em que os espanhóis chegaram nas proximidades daquela tribo, ameaçando-os. Seta Branca e seus 800 guerreiros, aguardavam os invasores em um descampado. Quando estavam próximos para iniciar a batalha, Seta Branca começou a falar, ao mesmo tempo em que, com sua seta branca nas mãos, fazia como que uma oferenda aos céus. Sua voz ressoava por toda aquela região, gerando campo de forças que trouxe um clima de paz e tranquilidade o qual influenciou todos aqueles corações. Guerreiros dos dois lados sentiram aquela emanação, e foram se ajoelhando. Seta Branca terminou sua invocação, trouxe sua seta até o plexo, e ficou em silêncio, de cabeça baixa, aguardando os acontecimentos. Os espanhóis foram se levantando e abandonando o campo, e retornaram para seus acampamentos, no oeste, sem qualquer confronto. Os Incas retornaram à sua cidade, sentindo o poder do amor sobre a força bruta. E ali viveram por muitos anos ainda, totalmente isolados.

Esses espíritos retornaram no limiar do Terceiro Milênio, liderados por Oxalá, na roupagem de Pai Seta Branca, tendo como líder, no plano físico, Tia Neiva, que reuniu os Jaguares sob a Doutrina do Amanhecer.

O aniversário natalício de Pai Seta Branca é reverenciado no dia 14 de fevereiro. Mensalmente, no 1° domingo de cada mês, no Templo-Mãe, faz-se o ritual da Bênção de Pai Seta Branca, quando 14 ninfas se revezam na incorporação do Pai, dando a bênção a centenas de pacientes e mestres, com a presença de Ministros que incorporam em Ajanãs.

Nos Templos do Amanhecer, uma só ninfa – geralmente a Coordenadora – incorporava e dava mensagens e bênçãos de Pai Seta Branca, obedecendo ao ritual que se encontra no Livro de Leis. Em julho de 2000, o Trino Ajarã alterou o sistema, diante da impossibilidade da marcação das Bênçãos para a grande quantidade de Templos do Amanhecer, inclusive com mais de 5 Templos no exterior, e passou a ser realizada a Bênção do Ministro.

Todos os anos, desde 1971, Pai Seta Branca se dirige a seus filhos Jaguares através de mensagens que são pronunciadas no Templo-Mãe, à meia-noite do dia 31 de dezembro. Até 1984, foi a comunicação feita por Koatay 108. Depois, uma ninfa passou a ser designada para isso.

José Carlos – Trino Triada Tumana

Publicado em Doutrinario, vale do amanhecer

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012






RESOLVI

Resolvi relaxar
e curtir a vida de agora em diante
de uma forma explendorosa
Ah! minha vida preciosa
esta tão linda ...

Sou  uma ninfa sol
que irradia foco de luz
de elevado padrão vibratório.
de esperança e de amor,
a guardiã do Apará.

Cada ser é tão especial
precisamos entender isso!
que bom esta viva...

Sou Cigana Aganara
de cara para lua
sou filha do sol.

Não sou poderosa
sou amorosa
não sou inocente.

terça-feira, 13 de novembro de 2012



 SOL

Sol amiga,
Orgulho de ser mãe
luz e vida.


E a sua dor não impedirá que seu Sol brilhe amanhã .


Reinou na terra
Encanto de cantura,
Nuvéns que se vai
Além da vida...
Ternura da beleza da rosa perfumada
Até a última revoada...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

DA CIGANA AGANARA


Cigana Walkíria

As Ciganas Aganaras representam o Espírito Nômade, o Jaguar, conforme declara nossa Mãe Clarividente na Lei dos Prisioneiros. Recordam as Ciganas a Tribo Katshimoshy, na velha Rússia, quando sua Capital era Leningrado.
Ali encarnou esta Tribo trazendo o Misticismo e o seu Plexo com a Força Bruxa, que propiciava a leitura da buenadicha, ou seja, a previsão do futuro nas mãos e nas cartas.
Tínhamos também a capacidade de lidar com as plantas e as raízes para curar. Estas eram vendidas e muitas das vezes as pessoas compravam para fugir das nossas pragas, que ficaram famosas pelos seus efeitos.
Os homens da Tribo tocavam violão, violino, banjo e pandeiro, e também faziam jóias de ouro e prata, e tachos de cobre para comerciar. Vendiam cavalos e galinhas, sendo que muitas vezes o cavalo era pintado conforme a vontade daquele que o encomendava, e o resultado quase sempre era drástico, pois ao lavarem o animal a tinta saia.
As festas eram lindas, as mulheres dançavam, os homens tocavam, e não faltavam as fogueiras para aquecer e afastar as feras, entre outras os lobos. Até hoje nenhum Espírito Cigano, encarnado, suporta ouvir o uivo de um cão, pois se lembra dos lobos famintos que comeram muitos de nós.
Deslocamo-nos da Rússia para a Espanha. Na viagem muitos pereceram (morreram) de fome, de frio, ou comidos pelos lobos. Somente os que tinham fé sobreviveram, levando o Talismã Katshimoshy.
De acordo com os escritos de Nossa Mãe Clarividente, as Velhas Ciganas são hoje as Primeiras de Falange, as quais ela enumera, dando inclusive seus nomes ciganos. Espíritos muito preparados, pois a sabedoria passava de uma para outra, não importando se quem recebia era sua filha de sangue, o importante é que todos eram unidos pelo sentimento igualitário, como se todos fossem pais e filhos uns dos outros.
Este sentimento de fraternidade e amor de nosso Povo, ainda perdurou no exemplo de nossa Mãe Clarividente (Natacha), que não fazia distinção entre nós, todos éramos iguais para ela, todos eram seus filhos e os filhos destes seus netos.
Graças a Deus posso dizer que amamos o nosso Povo, porque tenho presenciado grandes provas disto, não somos melhores nem piores, somos diferentes, palavras de nossa Mãe Tia Neiva.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

OS INCAS E PAI SETA BRANCA - No século XV, na região noroeste da América do Sul, floresceu uma grande civilização – os Incas – formada por espíritos Jaguares, que detinham manipulações poderosas das energias do Universo e reuniam grandes chefes que, hoje, são Ministros de Deus e dispõem de numeroso povo na Doutrina do Amanhecer. Praticamente arrasado pelos invasores espanhóis, com quem mantiveram prolongadas lutas, o povo Inca foi liderado pelo Grande Cacique Seta Branca, tendo como último reduto Machu Picchu, que até hoje deslumbra o mundo com sua energia e seus segredos ainda não desvendados pelo Homem, porém bem claros para os Jaguares. Foi a última passagem de Pai Seta Branca neste plano, bem como daqueles que ali estavam formando sua corte, como encarnados. Atualmente, muito acima de nós, essa plêiade de espíritos grandiosos nos assiste e nos protege para que possamos cumprir nossas missões e planos reencarnatórios. Pai Seta Branca é um dos nomes recebidos pelo luminoso espírito de Oxalá, Orixá poderoso que preside todo o desenvolvimento cármico do nosso planeta, a quem foi dada a missão de espiritualizar o Homem. É o grandioso guardião do Oráculo de Simiromba, que administra todo o potencial de forças que agem e interagem na Terra. SIMIROMBA significa, em nossa Corrente, “Raízes do Céu”, e Pai Seta Branca é o Simiromba de Deus! De seu Oráculo, Simiromba realiza toda a grandeza presente em nossos trabalhos. Chegando aqui, liderando a missão dos Equitumans, quando ficou conhecido como Jaguar, e dos Tumuchy, Oxalá retornou no século XII, na Itália, como Francisco de Assis, junto com sua alma gêmea - Mãe Yara - como Clara de Assis, desenvolvendo magnífica obra dentro da Igreja Católica Apostólica Romana, criando a Ordem Franciscana, implantando as bases de sua Doutrina: Amor, Humildade e Tolerância, idéias das quais os Homens estavam afastados. Na época da conquista da América, no século XV, Oxalá era o grande cacique de uma tribo Inca, estabelecida em Machu Picchu, tendo recebido o nome de Seta Branca por causa de sua lança armada com a presa de javali. Com as conquistas espanholas na região andina, houve uma ocasião em que os espanhóis chegaram nas proximidades daquela tribo, ameaçando-os. Seta Branca e seus oitocentos guerreiros aguardavam os invasores em um descampado. Quando estavam próximos para iniciar a batalha, Seta Branca começou a falar, ao mesmo tempo em que, com sua seta branca nas mãos, fazia como que uma oferenda aos céus. Sua voz ressoava por toda aquela região,  gerando campo de forças que trouxe um clima de paz e tranquilidade o qual influenciou todos aqueles corações. Guerreiros dos dois lados sentiram aquela emanação, e foram se ajoelhando. Seta Branca terminou sua invocação, trouxe sua seta até o plexo, e ficou em silêncio, de cabeça baixa, aguardando os acontecimentos. Os espanhóis foram se levantando e abandonando o campo, e retornaram para seus acampamentos, no oeste, sem qualquer confronto. Os Incas retornaram à sua cidade, sentindo o poder do amor sobre a força bruta. E ali viveram por muitos anos ainda, totalmente isolados. Esses espíritos retornaram no limiar do Terceiro Milênio, liderados por Oxalá, na roupagem de Pai Seta Branca, tendo como líder, no plano físico, Tia Neiva, que reuniu os Jaguares sob a Doutrina do Amanhecer. O aniversário natalício de Pai Seta Branca é reverenciado no dia 14 de fevereiro.
 

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

terça-feira, 30 de outubro de 2012

RUAN  ANDRADE CASTELAR PINHEIRO

Ruan meu netinho,
Uniremos seu viver
Ao nosso canto de ninar
Na noite de luar.

Ah! quanta ternura,
No teu olhar angelical ,
Do teu encanto
Rimamos nossos versos.
Amarei eternamente
De cada gesto infantil
Enamoramos teu ser pequenininho.

Carinha safadinha
Animadinho, manhosinho
Teu jeitinho de bebe ou de rapaz ?
Eis o nosso mais novo querer
Lado a lado...
Alegra nossos dias,
Risonho te aconchego.

Performa-se de BEM DEZ.
Imaginando tantas aventuras...
No seu mundo encantado
Há! quanta alegria que deslumbra...
Entendo teu mundinho
Iluminado de ternura
Raridade de candura
Orgulho da vovó.
Hoje 30 de outubro, comemoramos a data natalícia de Tia Neiva, é feita a cerimônia da Troca de Rosas.

domingo, 21 de outubro de 2012



QUERIDO GUERREIRO

Sei que um dia ele se vai
quero que ele fique mais um pouquinho
quero perceber a cada encontro suas virtudes
que o tempo não me deixou enxergar...

Nos meus pesadelos de infância
sonhava que ele partia
eu sofria tanto com isso
na calada da  noite.

A vida tem sido boa comigo
ter meu pai aida tão vivo
hoje ele esta no leito do hospital
mas vai sair dessa...

Querido  guerreiro meu pai
tenha certeza
que você vai continuar no nosso convivo
mais um pouquinho eu sei...





quinta-feira, 18 de outubro de 2012

ASSIM ...

Cidade selvagem
o sol do pingo do meio dia
alinhado ao horizonte 
me escondo na sombra dos casarinhos.

Assim tece a teia do dia
o sol abrasador
vai sumindo na linha do horizonte azul
em rajadas pinceladas da cor alaranjada
com todos ardor.

No infinito dos meus dias
mirei meu olhar para o infinito
a contemplar o céu da minha noite
me deu saudade do que nunca vi.

No silêncio da minha solidão
fitei o firmamento
de repente surgiu a lua radiante de alegria
deixou feliz meu coração.

terça-feira, 16 de outubro de 2012


A VOZ DO CORAÇÃO

Ouvir a voz do coração
em uma canção...
numa  sonoridade perfeita
transcendem a sinfonia  das notas musicais
vibram  suave nos nossos ouvidos tanta emoção.

Nesta viajem musical
falar de amor,
falar de alguém,
das nossas paixões,
das nossas dores da alma
é perceber que estamos vivos.

A grandeza da bela arte de compor,
e a magia de cantar o amor e a dor
flutua sabedoria
é a pura perfeição da natureza .


Obs: Dedico este poema para Regis e Rogério de quem eu tenho a mais profunda admiração...


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

MEU TEMPO

Meu tempo é hoje
meus sentimentos de ontem
estão soltos do ar.

Belo viver,
renovando as tentações
cheia de emoções
relembro teu doce olhar


Tenho um tesouro escondido
não tenho medo...

A vida passa tão rápida
os anos se foram...
de cara pru vento
viajo no meu pensamento.


Gravei na memória a tua ternura
sofria a dor da saudade
agora trabalho minha própria tortura.
AVENTURA FANTÁSTICA

Neste lindo dia os raios de sol
ilumina tudo na sua verdade com seu farol
reluzindo misteriosamente a vida
nasce um curinga...

Uma aventura fantástica é viver
a sensação de todos os dias experimentar
com a natureza se harmonizar
com toda perfeição
deixando o sol entrar no coração
e com a lua adormecer.

Curioso o modo com as pessoas caminham
sem saber onde vão chegar
ao leito retornam
e surge uma nova vida.

PRECE DO DOUTRINADOR


O Senhor tem seu templo em meu interior.
Nenhum poder é demasiado ao poder do meu esperito.
O amor e a chama branca da  vida residem em mim.

Salve Deus!.

sábado, 13 de outubro de 2012


MEU SONHO

Meu sonho é renovado
a cada dia...
minha alma se enche de esperança
quando vejo minha familia reunida.
O que eu quero da vida
a paz em cada canto
em cada lar.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

COM TODO MEU CARINHO

Dedico todo meu carinho
ao meu grande amor...
o destino nosso cupido maior
fez o nosso encontro no meio do caminho.

O tempo feito um círculo
cheio de encanto, desejo e obstáculo
fez o nosso reencontro.

Sobrevivemos todos os intemperios da vida
numa viagem única sem dúvida,
nos tornamos felizes.





MEUS PENSAMENTOS


Tenho vivido tantas experiências
misteriosas, inexplicáveis,
atravessei todos esses anos
a procura de paz...

Será que meus olhos tem asas
como pássaros ?

A vida é como círculo
que se fecha...
ficamos a deriva
ao sabor do vento
e do tempo...

Meus pensamentos  toma conta de mim
deixando-me alegre e triste
na mais profunda solidão...

Saborear a solidão
nos faz bem...
bom mesmo é esta perto
de alguém que a gente ama.


sexta-feira, 28 de setembro de 2012


Hino dos Mestres

O Mestrado do Vale do Amanhecer foi conquista definitiva do Plano Iniciático pelo Corpo  Mediúnico. Desse Mestrado partirão as grandes jornadas em direção ao próximo Milênio, e na luta com os vales negros da Incompreensão. Este conjunto mântrico é para ser cantado nas cerimônias em que os Mestres participem com suas Indumentárias.


Mensageiros de luz se preparam                                             

Com Jesus querendo servir

Mestres Jaguar Positivo

Mestres Sol Sublimação

Mestres Sol Evangelho

Mestres Luz Consagração


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Filhos dos Devas aparecem

Guardiões chegados do Céu

Com seus Magos e Samaritanas

Nityamas cobertas de véu


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Jovem Instrutor Mestre Sol

Que também vem clarear

Mestres Sol recepção

Que a dor vem coordenar


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Mensageiros de luz se preparam         

Com Jesus querendo servir     

Doutrinando, emanando e curando      

No Evangelho de um novo porvir        

Doutrinando, emanando e curando      

No Evangelho de um novo porvir


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu

Doutrinando emanando e curando

No Evangelho de um novo porvir


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Mensageiras da última hora     

Alertai nas vossas missões

Almas tristes de ti tudo esperam          

Vida, amor, luz da compreensão


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Jaguares do Sol e da Lua        

Neste Universo a vibrar          

É como uma noite escura

Que a Lua vem clarear


Mestres Lua, transmitindo       

A voz direta do Céu    


Ninfas do Amanhecer preparam         

Um mundo de emanação

Com amor e ternura esclarecem

O homem pra transformação


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu



Mestres Jaguar Positivo

Mestres Sol Sublimação

Mestres Sol Evangelho

Mestres Luz Consagração


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Filhos dos Devas aparecem

Guardiões chegados do Céu

Com seus Magos e Samaritanas

Nityamas cobertas de véu


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Jovem Instrutor Mestre Sol

Que também vem clarear

Mestres Sol recepção

Que a dor vem coordenar


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu


Mensageiros de luz se preparam         

Com Jesus querendo servir     

Doutrinando, emanando e curando      

No Evangelho de um novo porvir        

Doutrinando, emanando e curando      

No Evangelho de um novo porvir


Mestres Lua, transmitindo

A voz direta do Céu

Hinos Oficiais
Hino do Amanhecer Mayanti
Hino do Doutrinador Consagração aos Mestres
Hino dos Mestres
Hino da Estrela Candente Noite de Paz
Hino de Abertura Hino do Encerramento
Alertai, Missionários! Encantos do Amanhecer
Hino aos Adjuntos Profecias de Jesus
Hino dos Pretos Velhos Hino de Pai João
Luzes do Céu Estrela Guia
Tapir Hino do Sofredor
Hino à Mãe Yara Hino da Junção
Seta Branca Ave Maria
Jesus de Amor Alerta do III Milênio
Aluxã do Amanhecer (Pirapora) Aluxã do Amanhecer (Vila Velha)
Hino da Estância do Amanhecer Formosa do Amanhecer
Amazonas do Amanhecer Hino de Olinda do Amanhecer
Hino de Ytupurã do Amanhecer A Aldeia Encantada
Hino do Pajézinho Hino dos Pequenos de Assis
Chulinhas da Vó Marilú Hino à Vovó Marilú
Virgem Tupinambá A Vida
Hino do Casamento Parabéns dos Médiuns


Hino do Amanhecer

É o Hino Oficial do Vale do Amanhecer. Ele é cantado nas aberturas e fechamentos de trabalhos e ocasiões solenes.
                                                                         

Sob o céu azul do Amanhecer
Seta Branca de Amor apareceu
Com as ordens do Oriente nos faz ver
A grandeza que Jesus nos concedeu.
Prana-luz aqui resplandeceu
Do Oriente Maior que é de Tapir
Conduzindo as almas tristes para Deus
Neste Templo de esperança e de povir
Salve Deus, Criador,
Do Universo És o Senhor!
A bandeira rósea de Jesus
Nosso símbolo de fé sempre há de ser
Tremulando neste Vale ela traduz
As mensagens que do Astral queremos ter.
Salve Deus, Criador!


Mayanti

Este hino é cantado nas aberturas dos Retiros e Trabalhos Oficiais. Sua principal propriedade é de ajudar os Médiuns a se mediunizarem. Mayante significa amanhecer, alvorecer, clarear, etc. na língua Iniciática da Doutrina do Amanhecer.

Mayanti, Mayanti
Do Astral Superior
Tu que és refúgio
De enfermeiro do Senhor.

Sopro Divino do Senhor
Prana, oh prana, tu em favor
Sei que atendes onde hasteias
A bandeira rósea do amor.

Aqui neste Templo hasteamos
A bandeira rósea do Astral
Velhos marcianos Ingressados
No Pronto Socorro Universal.

Mayanti, querida Mayanti
Que o Senhor nos concedeu
Guardas querida Mayanti
Tudo que for em favor meu.

Consagração aos Mestres

Jesus fundou a Escola do Caminho. O Mestrado da Doutrina do Amanhecer é simbolizado pelos missionários ajudando os espíritos em trânsito na Terra. Ele é cantado principalmente nas jornadas e andamento das cerimônias.

Oh Jesus a luz do Sol
Que emana sobre nós
Percorrendo o Universo
Com ternura e Amor

Caminheiros de Jesus
Que caminham para o Sol

Seta Branca escolheu
Entre seus trabalhadores
Humildade, tolerância
Salve Deus que nos criou

Caminheiros de Jesus
Que caminham para o Sol

Resplandece uma Doutrina
Seta Branca consagrou
Revistai Jesus querido
Seta Branca nos guiou

Caminheiros de Jesus
Que caminham para o Sol

Mestre Sol e Mestre Lua
O Mestrado consagrou
Novas forças estão raiando
Sob a luz de um resplendor

Caminheiros de Jesus
Que caminham para o Sol



 
































Sob os Olhos da Clarividente

Tia Neiva


Ao Leitor, principalmente se Médium do Vale do Amanhecer


O fundamento de todo trabalho mediúnico é a manipulação e o controle das energias. A capacidade de lidar com elas é que determina a força do Médium. O Médium mais “forte” é aquele que tem capacidade de utilizar maior quantidade e variedade de energias em benefício de seu próximo.

As energias mediúnicas são controladas pela Mente humana. A conduta mental se traduz, na sua exteriorização, pelo movimento e o som.. O som cadenciado e rítmico forma vetores energéticos, verdadeiras linhas de forças.

Isso no Oriente se chama “mantra” ou “mantrans”. No sânscrito dos Brâmanes o “mantra” é sua fórmula sagrada ou cânticos divinos.

No Templo do Amanhecer nós usamos os mantras simples; como por exemplo: o Pai Nosso e nas suas formas mais ritmadas como são os hinos. Esses cânticos são as chaves para as falanges e combinação de energias que é feita para cada tipo de trabalho.

Todos eles são recebidos pela Clarividente Neiva, diretamente do Plano Espiritual. Ela recebe a letra e a musica e a transmite até que o hino seja aprendido pelos Médiuns.

No dinamismo da Doutrina do Amanhecer, cujo ritual se adapta a cada momento às circunstâncias, alguns hinos se tornam menos usados e outros vão chegando, conforme as necessidades.

Cantando esses hinos o Médium se torna mais participante do processo e, ao mesmo tempo, desassimila mais ectoplasma para seu próprio benefício.

Cantar nas cerimônias do Templo é sempre bom e por isso estamos colocando à disposição dos Médiuns.


Hino do Doutrinador

O Doutrinador é o responsável pela execução da Doutrina do Amanhecer. Este Hino é cantado sempre que se precisa no Templo de uma atitude de afirmação e confiança.

Do Amanhecer se expande

A nova Doutrina do Amor

Sob a luz do Santo Evangelho

Resplandece varonil Doutrinador

Mãos curadoras

Mãos divinas

Salve Deus, Salve Deus

Que te ilumina

Lá no alto um clarim como um alerta

Com Jesus na Terra jurou

Tua voz tem a força doutrinária

A Divina Luz, Doutrinador

Mãos curadoras

Mãos divinas

Salve Deus, Salve Deus

Que te ilumina

Esta cruz que levas em tuas costas

Farol que ilumina na dor

És luar nas noites escuras

Alivia e esclarece o sofredor

Mãos curadoras Mãos divinas

Salve Deus, Salve Deus

Que te ilumina (repete)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

EXIBIÇÃO DE SENTIMENTOS


Falar da alma das pessoas
é fascinante não tem igual
a imaginação pode voar
a sensação fica solta no ar...


A exibição de sentimentos
explode emoções...
é algo inexplicável nossos pensamentos.

Há um lugar inconfundível
quando caminhamos pela vida a fora
onde encontramos nosso inconsciente...

Na flor da pele surge a vida
em algum lugar do nosso amor...


Exposto na vitrine
querendo o mundo seduzir
o poeta chora , o poeta rir...


Tudo começou por acasa,
um tiro no escuro que faz chorar e rir
consegue o universo humano descobrir.

Conversar com você mesmo
traz inspiração...
a partir dai surge o escrever
sem programar é só fazer.


Saudades, desafios,
decisão de refazer a vida
mostrar a própria vida a nossa liberdade

o espetáculo da vida continua
feito laços arredios.

Tão solto pelo espirito exibido
feito um moleque surge ideias 

acaba o universo das pessoas descrevendo
o sucesso chega encantando as plateias.


sábado, 15 de setembro de 2012


ÚLTIMA REVOADA

Um delírio, um suspiro e o pássaro voou !
a imaginação  irradia a inércia de um dia calado
a tarde um silêncio a mais
a noite chegou e o tempo parou...

Na calada da noite  o último suspiro
e ela se foi na mais bela revoada
no iluminado de velas o dia  chegou.

Flores amarelas e brancas enrolaram teu corpo,
não era maio, mas te vestiram de flores...
as rosas vermelhas chegaram e a chuva rolou
meu coração chorou de saudade sem fim,,,

A chuva levou teu corpo de mulher amada,
de repente o sol se abriu no encanto magico
o espetáculo ergue-se brotando uma nova vida.


17-03-87

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

ABRACEI A VIDA


Abracei a vida com carinho
senti o cheiro de flores no meio do caminho
me senti em paz...

Na solidão do meu viver
a liberdade me faz companhia
eu quero ver.

Se você não me conhece vou te dizer...
sou aquela que acredita na vida...
pode crer.

Para onde vamos?
sei que vou sair por ai...
ver as estrelas no céu...

Vou procurar em todos os lugares
toda lucidez de um sentimentos verdadeiros
com encantos singulares.














quinta-feira, 6 de setembro de 2012

VIAJEI NOS MEUS VERSOS

Dei uma passadinha
nos meus devaneios
viajei nos meus momentos
fiquei quietinha.

A saudade bateu na minha porta
e não posso fazer nada
só sonhar...

Os luares encantados passaram
vou esperar outros luares
estou solta nos ares...

Minhas verdades transformei em devaneios
minhas fantasias eu contei em versos...

Quantas vezes fui ao teu encontro
minha alma estava tão dispersa
meus delírios ficou mudo
quando desejei teu corpo...

Na minha liberdade
me vi presa as minhas paixões
o que a vida fez comigo?

Deixei recado a minha alma
meu segredo não escondo
minha mente tem tantas cores...
no futuro encontrarei minhas verdades.

sábado, 1 de setembro de 2012

LUA AZUL

O que posso dizer da lua ?
que ela é azul...
noite de sonhar...
os pensamentos elevar !

No azul escuro do céu
ela aparece esplendorosa
mexendo com nossas emoções
alegrando nossos corações.

Momento fantástico
para trabalhar nosso eu interior
vibra todas as forças do universo...
vamos celebrar esse momento.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

SORRIR PARA A VIDA

Como eu queria sentir
 meu coração disparar
e de verdade te amar.

A vida é feita de encantos
e desencantos
fazer o que da vida?

Pintar a vida
com matizes  de emoções
matar as magoas
e sorrir para vida...

Na pureza das crianças
perceber a beleza da vida
em toda sua plenitude...
transformar a dor em canto de amor.







sábado, 25 de agosto de 2012

O pior cárcere não é o que aprisiona o corpo, mas o que asfixia a mente e algema a emoção. Sem liberdade, as mulheres sufocam seu prazer. Sem sabedoria, os homens se tornam máquinas de trabalhar.
Augusto Cury



  • .



    •