segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017



ESTAÇÃO

O trem da minha juventude partiu
Viajei nos meus sonhos e nas minhas fantasias
Aportei na estação dos meus dias
Abracei lindas emoções vividas.

Na próxima estação
O dia nascerá
Nova esperança aparecerá.

Na última estação
Lindas aventuras surgiram
E um novo amor encontrarei
Felicidade no meu novo coração.






O UNIVERSO CONSPIRA

No vazio do meu ser
em busca do conhecimento
flora novo sentimento.
Não quero guardar mágoas
meu peito chora
vendo tanta vaidade
em busca de um poder efêmero
que só leva futura destruição.
Perdoe-me leviano sentimento
desmistificar a intimidade
o universo conspira
a favor do mais  nobre coração
tudo solto em revolta confissão
só resta esperar o que  pode acontecer.