quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O SOL BATEU NA MINHA JANELA

O sol bateu na janela do meu quarto
me chamou pra ver o dia,
vi o dia sorrir,
lá distante prédios prateados
pelo reflexo do sol nas vidraças,
senti no ar o cheiros das flores,
nas galhas das árvores tantos pássaros
cantando a vida...
a melodia dos pássaros me fez viajar
fui num mundo distante por um instante,
voltei pra minha cama
continuei a dormir,
sonhei que me reconciliava com o universo,
com pessoas que estavam distantes
acordei tão feliz.

Um comentário: