terça-feira, 30 de agosto de 2011

MINHA ALEGRIA

Minha alegria esta dentro de mim...
Não preciso da atenção de quem não merece,
nem pensar...
Coisa rara é alguém de mim se afastar,
a vida me dar de presente amigos de graça
que vivem a minha procura.
Minha felicidade não depende de ninguém,
dependência é doença,
estou sadia até nesse momento.
Respeito e amo quem me ama...
amizade é coisa sagrada
acontece como toque de mágica...
Já se foram tantos amigos para outra dimensão
eu continuo inteirinha
estou no momento saudável
em paz comigo mesmo...
Se ninguém gosta de louco
eu gosto,
na hora que alguém precisar de ajuda
se quizer meu ombro amigo pode me procurar
vou atender e vou entender,
só quero ver o mundo alegre como eu.


EXTREMO DA LOUCURA

As noites ficam mais belas
na sequência de bares
que se fecham
a gente querendo ficar,
crio pensamentos loucos.

Pela noite afora
nada de tormentas
nem me importo com as ruas desertas.

Que mistério tem a madrugada ?
derretendo-se de tesão...
ver o dia amanhecer cintilante.
Vi a cor da minha alegria
misturada com a cor prateada
tento tocar o extremo da loucura.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

DEDICO


Aos amores que tive
desabrochados feito flores de lotus
sem preconceitos
sem intolerância
me fizeram assim como sou
dedico minhas inspirações.

sábado, 27 de agosto de 2011

A DOR DE PERDER UMA AMIGA


Quero desabafar minha dor,
dizer para todo mundo
o que me aconteceu
sofri !
a morte de uma amiga,
uma tristeza sem fim...

Por um instante me calei,
chorei a morte
de uma amiga que não morreu,
que loucura!
foi isso que aconteceu.

Tem gente maluca
no face entrou se passou pela irmã
da minha amiga que não morreu,
me avisando da morte
aflita me pedindo aconchego.
Corri tão rapidinho
para o pedido atender.

Quando cheguei na casa da minha amiga
deparei-me com ela vivinha
que alivio senti!

Que loucura meu Deus,
foi isso que aconteceu.

Imagina chorar,
na imaginação viajar
a falta sentir
da ausência que não aconteceu.

Que sofrimento maior
é uma amiga perder.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

PENSAMENTOS


Flutuam do ar meus pensamentos
relembrando emoções vividas
soltas atoas,
te dei permissão,
vai procurar sentimentos
palavras doces,
promessas subentendidas
que ficaram no ar...




segunda-feira, 22 de agosto de 2011

MEU MUNDO COR DE ROSA

No meu mundo cor de rosa
quero no amanhecer
teus beijos feito laço de fita
pra meu corpo enfeitar.

Quero teu corpo sedutor
pra dançar meus sonhos,
com minhas mãos de fêmea te afetar,
quero me embriagar na tua pele perfumar
e a noite afora te amar.

Sem destino o tempo corre...
rasgo o tempo
descrevendo meu mundo cor de rosa...

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

QUERO TE VER

Quanta saudade
quero te ver...
numa noite de lua
quero te amar...

Quando olho pru ceú vejo a lua,
viajo nos meus pensamentos
sigo pensando nos nossos momentos...

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

RECEBI ESSA MENSAGEM AMEI

Seus poemas são cânticos que ressoam nas linhas enquanto escreves,
o bailado da pena revela seu coração e sua pungente alma,
enquanto a lua, sempre atenta aos delírios dos amantes,
acolhe, abraça e ouve os apaixonados,
recolhendo as lágrimas dos amores não correspondidos e transmutando-as em orvalho,
lua, brilhante e magnética,
dona de mistérios e romances,
somente poderia ser contemplada aqui,
por alguém tão sensível e de alma tão bela quanto você.
Encanto-me com cada poema que escreves,
revelando toda beleza de seu coração.
Bj

GERALDO

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

 

A PORTA ESTÁ  ABERTA

Minha porta está aberta...
pode entrar
senta ao meu lado
vou te escutar.

Minha porta está aberta
se não conseguir entrar
vou te entender.

Minha porta está aberta...
olhe o céu acima das nuvens
veja as estrelas, curta a lua
pense em mim, vou entender.

Estou de coração aberto
vivo assim ...
sinto a felicidade chegar
pode entrar.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

SEGREDO

A tua voz me fez te amar
teu sabor é miragem e fantasia
teu nome nada passou
ah! o que hoje eu sou ?

Quero teus sentimentos rever
deixei aberta tua porta
um dia posso entrar.

Nas madrugadas teus lábios beijar
escorrer meu desejo feito amor
exalar emoções pelo ar...

Fica dentro de mim por um instante
prometo acordar
seguir meu caminho
e nosso segredo guardar.

domingo, 7 de agosto de 2011

INDIFERENÇA

Quanta indiferença !
como se fosse uma morte,
ausência vazia que me consume em saudade...
aplausos esquecidos,
momentos que se foram por acaso
tudo em vão se transformou
me custa caro jogar fora o tempo feliz,
mesmo na indiferença não te esqueci.