domingo, 9 de janeiro de 2011

ASTRO




ASTRO

Sou o vázio da noite
querendo chegar.
Ès uma procura de ondas
querendo voltar.
È na vida um nada
se encontrando.
Somos enígma
na vida da construção.
Sois infinitos
de interrogações.
São variavveis de astros
na constelação.

05.11.1981

Nenhum comentário:

Postar um comentário