segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ALMA DISPERSA

Minha alma esta dispersa...
corro a terra mirando o céu!
escuto canções,
enquanto embalo meu viver.

A madrugada ilumina minhas horas inquietas
enquanto o tempo passa
tento recomeçar minha vida!
não percebo nada e o dia chega !

Como é bom encontrar amigos,
jogar conversas fora,
somos todos amantes da noite
boemia pela noite afora
cantarolando a vida.

Já não posso esperar
o bem querer chegar
o sono vem de repente,
tenho de regressar.

Os dias tão comuns ,
vem uma vontade louca de ti encontrar
fazer amor e voltar.

Já não quero esconder
o que sinto agora,
O que me resta da vida é tão pouco
quero reinventar momentos,
colorir tantas vidas,
nunca mais te perder nas minhas idas e vindas

Nenhum comentário:

Postar um comentário