sexta-feira, 2 de setembro de 2011

SEXTA FEIRA

Hoje é sexta feira
dia de canção comer menino...
a noite chega,
estou em casa quietinha,
escutei desabafos,
recebi convites pra sair
resolvi ficar
hoje não é sexta treze
nem noite de lua cheia, nem nova...
Não estou com saudade,
estou bem aqui quietinha
suspendi a ansiedade.
Pela janela vi as estrelas
não vi a lua me calei
ela não apareceu
esta dormindo,
só as luzes elétricas clareiam as ruas
vou escutar uma musica,
relembrar meus amores, ardores
vou dormir
com meu mundo imaginário vou sonhar.





4 comentários:

  1. Querida, o poeta é assim mesmo: enquanto todos querem sair às sextas ele quer ficar sozinho para se encontrar consigo mesmo e com a poesia.

    Parabéns pela inspiração e pelo talento!

    Abraços do novo amigo!

    ResponderExcluir
  2. Existem momentos que precisamos e queremos ficar a sós conosco.Beijos

    ResponderExcluir
  3. Querida, gostei muito de suas poesias. O poeta tem dessas coisas, gosta de ficar na solidão para deixar fluir sua imaginação.
    Tenha um lindo final de domingo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga
    Hoje eu vim pensando um pouquinho em meu sonho
    por favor clique no Link

    http://www.mariaalicecerqueira.com/2011/08/prezado-amigo-leitor-e-seguidor-me.html

    Muito obrigado de coração

    abraço amigo
    atenciosamente
    Maria Alice

    ResponderExcluir